"I don't know what to do when you make me sad."

Exercício muito simples.
Pensem na primeira pessoa que vos vier à cabeça ao lerem isto. Pensem no quanto gostam dela. Simplesmente no carinho e em tudo de positivo do que sentem por ela. Pode ser uma pessoa de quem gostam de uma forma especial, ou então uma pessoa com a qual partilham uma amizade forte, ou então uma pessoa da qual sentem saudades, com a qual o contacto mudou, com a qual o contacto se tornou demasiado inconstante.
Já a têm fixada na vossa memória? Bem. Agora pensem no facto de essa pessoa poder desaparecer do nada. No facto de que a presênça dela se possa tornar numa simples memória. Pensem que a podem perder. Para todo o sempre.
Qual foi a sensação que sentiram no coração?
Eu fiz isso. E fiquei apavorada.

7 comments:

  1. é algo demasiado dificil de imaginar... não é?

    ReplyDelete
  2. Muito obrigada querida!
    Mas tive que a tirar porque o meu blog é visto por demasiada gente que me conhece pessoalmente -.-'

    ReplyDelete
  3. Acredita querida, se pudesse não passaria por isto. Mas acho que as coisas deveriam mesmo ter sido assim, acho que me fez crescer (embora demasiado rápido), mas não me arrependo, de nada mesmo. Ao menos sei que nunca irei ser assim.

    (estou a seguir) (:

    ReplyDelete
  4. about what ?
    acho que só realmente sentimos isso, quando vivermos realmente. e de certo que não vai ser uma simples dor.

    ReplyDelete
  5. I don't feel like perfect, sweety

    ReplyDelete
  6. HATE YOU! agr estou com pensamentos lamechas -.-

    ReplyDelete
  7. porque fiquei a pensar em alguém que não devia...

    ReplyDelete