I'm so glad you have a one-track mind like me

era uma e tal da manhã e eu levantei-me da cama. já estava farta de andar de um lado para o outro sem conseguir adormecer. abri a porta do armário e tirei de lá um edredom, no qual me embrulhei com o objectivo de me manter aquecida. abri a porta da varanda e sentei-me no chão. pus a "goodnight, travel well" dos The Killers a tocar, agarrei no meu maço de tabaco e tirei de lá o meu isqueiro e um cigarro, acendi-o e inspirei o fumo. passado um bocado, expirei-o pelo nariz, fechei os olhos e deixei-me ficar. comecei a pensar que já te conheço há tanto tempo e que nunca me quero ver sem ti. és de longe uma das únicas pessoas que nunca quero perder. quero crescer contigo e ter-te a meu lado no dia em que todos os meus sonhos e desejos se realizarem. e caso estes não se realizem, não faz mal. o simples facto de te ter a meu lado vai-me deixar agradecida, como o tem feito ao longo destes anos. olhei para o céu e reparei que há muito tempo não observava as estrelas nele. a ultima vez que o fiz, foi contigo. e devo dizer que as estrelas estavam lindas. brilhavam muito. tu podes não ser nenhuma estrela, mas nos meus olhos, brilhas tanto como elas, se não mais até. esbocei um sorriso repleto de alegria e um suave "adoro-te" ecoou na minha cabeça, com esperança que a telepatia fosse o suficientemente forte para que eu te conseguisse transmiti-lo com a mais pura da sinceridade.

1 comment:

  1. nao sabia que fumavas :o crias um vicio xD

    ReplyDelete