Diário da tua ausência

"Há quem corra demasiado depressa e perca a alma no trajecto, há quem mude de ideias e arrisque um atalho, há quem não saiba escolher a melhor direcção quando chega a uma encruzilhada, há quem deixe pedras pelo caminho para não se perder, se precisar de voltar para trás. Não sei que espécie de caminhante sou, para onde vou, não sei."

No comments:

Post a Comment