actions speak louder than words

Como te disse numa das nossas conversas "Há coisas que ninguém tem de saber." e pensar em ti, mais do que poucos minutos por dia, faz parte das coisas que não sinto a necessidade de te dizer. ainda não sei se sou eu que te tenho na mão, ou se és tu que me tens na mão a mim. começo a duvidar de muita coisa, e quando eu começo a duvidar das coisas não é bom sinal. se eu não gostasse tanto de ti, eu já te teria mandado dar uma volta. mas não, eu quero. e como eu quero, eu tento. e tento, e tento. tudo bem que não ando que nem um cachorro atrás de ti, nunca andei e não tenciono fazê-lo. e muito menos agora. vem ter comigo se quiseres, e depois logo se vê. mas não penses que vai ser fácil para ti. sabes muito bem que uma acção da tua parte abafa mil palavras tuas. tu sabes bem que não consegues brincar comigo porque eu não deixo. por isso nem tentes, eu conheço-te melhor do que tu pensas. dois textos sobre ti num dia só, isto só visto. eu gosto de escrever sobre ti, mas não para ti. porque eu digo-te tudo o que te quero dizer, tudo isto que estou para aqui a dizer, já tu ouviste da minha boca. e se não percebeste à primeira, temos pena. detesto quando te armas em parvo, como se eu nunca te tivesse dado as instruções de como lidares comigo. épá porra! estás a começar a irritar-me, juro! Deixas-me a pensar nisto durante minutos, horas até. deixas-me num estado, nem eu percebo. se for a reler o texto de baixo, pareço tão desesperada. mas foi uma coisa de 5 minutos. durante aqueles 5 minutos quis tanto que dissesses algo que me deixei levar por completo pelos meus sentimentos baralhados. detesto quando me provocas esses 5 minutos. mas pronto, como já disse "Há coisas que ninguém tem de saber." e neste caso, esse ninguém, és tu.

6 comments:

  1. ele não sabe o que quer, mas acho que devias pensar um pouco também no que ele está a sentir..isto porque é óbvio que está baralhado, então também se deve passar alguma coisa com ele, não? :/

    ReplyDelete
  2. Falar decentemente? Como assim?

    ReplyDelete
  3. realmente ele não sabe o que quer e certamente não serás tu a descobrir por ele. diz-lhe que não estás para andar na corda bamba (ou seja, ora não cais nem para um lado nem para outro) e que se ele realmente gosta de ti, que o demonstre.

    ReplyDelete
  4. é só amor pelos teus lados estou a ver,
    feliz por ti j! :p

    ReplyDelete
  5. ridiculous lol

    ReplyDelete
  6. and even more ridiculous is the person who did the comment above :D

    ReplyDelete