(alter)ego

Ao entrar no seu quarto, deparou-se com uma silhueta feminina sentada em cima da sua cama. o seu longo cabelo esticado tapava-lhe o perfil, fazendo com que fosse impossível ver a cara desta.
-Quem és tu? perguntou ela confusa há estranha. Quando esta então virou a sua cara, ia-lhe caindo o queixo.
-Ah ai estas tu! tenho andado a tua procura. respondeu a estranha.
Não consegiu dizer mais nada, estava chocada com o que tinha acabado de ver e não sabia se estava num pesadelo, ou se era mesmo realidade. após uns momentos fixando aquela rapariga que tinha exactamente a mesma cara que ela, sem qualquer caracteristicas diferentes, voltou a perguntar a mesma coisa, mas desta vez com um tom de voz mais agressivo e apavorado.
-QUEM ÉS TU?! e o que estas a fazer com a minha roupa? e com os meu sapatos?
e com a minha cara? pensou.
-Ficam-me bem não ficam?
-Mas que raio?
-Até parece que não me conheces.
-Não, não conheço!
-Não sejas mentirosa, Jennifer. nunca o foste, porque é que começas agora?
Esta estava a começar a irritar-se profundamente.
-Sai-do-meu quarto! JÁ!
-Porquê?
-Tudo bem, não sais? eu faço-te sair! exclamou, pegando no braço daquela estranha e puxando-a para fora do quarto, enquanto esta se ria sarcasticamente.
-Pronto, já estou fora do teu quarto, agora diz-me, já pensaste no assunto?
-Mas que assunto?
-Sabes bem doque estou a falar.
-Não, não sei!
-Pronto, esta bem. continua assim. mas sabes bem que mais dia, menos dia, vais ter de pensar no assunto.
Jennifer sabia muito bem do que é que ela estava a falar.
-Eu sei que sabes doque estou a falar.
-Essas coisas pertencem ao ficheiro que não te diz respeito.
-Vês como te enganas? tem tanto a ver comigo, como contigo. E sabes bem que precisas de mim, e eu preciso de ti.
Jennifer riu-se.
-Ah sim? Explica-me la então porquê?
Esta então aproximou-se do seu ouvido e sussurrou
- Porque tu és a que pensa nas decisões, nas consequências e nos obstáculos e eu, sou a que faz com que as coisas aconteçam. porque tu sabes bem que não tens coragem de fazer o que eu faço, e eu sei bem que não tenho cabeça para fazer o que tu fazes.

8 comments:

  1. ^^

    dialogo final,perfeito ! ^^

    ReplyDelete
  2. sim, sou do norte :)

    porque ambas sofremos muito com a nossa separação e não temos a certeza se as coisas poderão voltar a ser o que eram.

    ReplyDelete
  3. ela prefere e eu não a posso obrigar.
    acho qe a nossa magia se perdeu, só qe ela sabe qe recuperala iria dar muito trabalho e provavelmente não está para aí virida. não sei.

    ReplyDelete
  4. ai que linda, eu tenho tipo mil sonhos pa concretizar, quero trabalhar em montes de coisas e viajar por todo o lado ahah, eu estou no 10 mas devia estar no 11 pq chumbei por faltas pq sou parva xD

    ReplyDelete
  5. Em Humanidades! Só odeio história. -.-
    E tu?

    ReplyDelete
  6. ahahaha, poise, tem logica xD
    yaa, é mesmo fixe, eu gosto mesmo bué, as pessoas tem a mania que é para burros, mas não, as vezes é super dificil mas eu amoo

    ReplyDelete
  7. AHAHAHA, quem ler aquilo vai pensar que és ganda geek xD
    mas y, isso sao coisas mongas que dizem . e eu quero sair daqui :( ahah

    ReplyDelete