Johnny C

Eram 4 da manhã e eu ainda não tinha conseguido adormecer . E a razão por estar naquele estado eras tu . Os pensamentos e as imaginações tinham invadido a minha mente , mantendo os meus olhos bem abertos . Ao passando os meus dedos pelos meus labios , reparei que estavam tão secos , ao ponto de eu conseguir sentir a pele a soltar-se . decidi então pegar no batôm hidratante , que se situava na mesinha ao lado da cama . Comecei então a passar o batôm pelos labios e senti aos poucos e poucos um alivio e comecei a perder a sensação de eles estarem tão secos . E continuei a fazer aquilo , as escuras , durante uns longos minutos . E derepente , pensei : tu és o meu batôm hidratante . E eu sou os labios .

Sim, realmente , eu poderia ter-nos comparado com Romeu e Julieta , porque apesar de o amor deles para uns parecer tão improvavel e irrealista, para eles era bem real . Ou então poderia ter-nos comparado com o Aladdin e a jasmin , que por mais obstaculos lhes tenham passado pelo caminho , eles sempre os conseguiram ultrapassar todos . mas não , em vez disso , tinha na minha mente que tu eras o batôm hidratante e que eu era os labios . os labios precisam du batôm hidratante para não ficarem secos e para não arriscarem ficarem com pequenas feridas . principalmente no inverno é quando mais secos eles ficam e necessitam do batôm para lhes dar aquele brilho . E nos é a mesma coisa . Preciso de ti para me dares o meu brilho e preciso que me mantenhas forte nas épocas mais dificeis do ano .

E la estava eu ainda , a passar o batôm pelos labios quando num apice , parei , olhei para o batôm e reparei que estava quase no fim . e ai disse para mim mesma : não , tu não és um batôm hidratante . este batôm um dia ira acabar e eu vou acabar por o deitar ao lixo . Mas tu , não és descartavel . E este batôm neste momento esta entre os meus dedos e eu tenho-o , mas tu , estas bem longe , fora do meu alcançe e eu a ti , não te tenho .

2 comments:

  1. Até me fez saltar a imaginação. o meu coração sentiu o ultimo texto. Está lindo. Não paro de dizer que escreves bem.

    ReplyDelete